sábado, 19 de março de 2011

Os valores 'padrão' de alguns serviços na avaliação do MinC

Os valores foram retirados do projeto de blog mais polêmico que a internet já viu. Os projetos culturais podem se basear na lista abaixo para terem uma base dos valores num projeto cultural.

Algumas observações foram acrescentadas, demonstrando os erros do projeto aos nossos visitantes. Poderão perceber porque o projeto do blog que diz que 'o mundo precisa de poesia' está causando todo esse rebuliço entre produtores culturais. Um projeto com os erros demonstrados nesta postagem jamais deveria ter passado pela aprovação do MinC.

Telefone - 5.000,00 (R$ 416,666... por mês)

Observação: não sabemos com certeza, mas pelo valor, cremos que a artista gravará o áudio das declamações via celular. É a única explicação que encontramos para um custo nesse valor num projeto de audiovisual.

Assistente administrativo - 30.000,00 (R$ 2.500,00... por mês)

Material de consumo - 5.000,00 (R$ 416,666... por mês)

Observação: por 'material de consumo', entende-se: papel higiênico, copos descartáveis, etc. Dá pra adquirir bastante papel higiênico.

Motoboy - 5.000,00 (R$ 416,666... por mês)

Observação: aqui no RJ, um serviço de motoboy custa em média R$ 28,00 a R$ 35,00 por viagem.

Assessoria Jurídica - 30.000,00 (R$ 2.500,00... por mês)

Contador - 30.000,00 (R$ 2.500,00... por mês)

Observação: o valor praticado no mercado é de aproximadamente 50% do valor do salário mínimo. No RJ, desde o aumento do salário mínimo, os produtores estão registrando o custo do contador como R$ 280,00. O mesmo vale para a Assistência Jurídica: R$ 280,00 por mês. Valores muito acima desses é considerado superfaturamento.

Coordenação Administrativo-Financeiro - 60.000,00 (R$ 5.000,00... por mês)

Remuneração para captação de recursos - 100.000,00 (aproximadamente 10% do valor total do projeto)

Pesquisa - 36.000,00 (R$ 3.000,00 por mês)

Consultores - 30.000,00 (R$ 2.500,00... por mês)

Produtor - 24.000,00 (R$ 2.000,00 por mês)

Assistente de produção - 36.000,00 (R$ 3.000,00 por mês)

Observação: notem a diferença no pagamento do Produtor e do Assistente do Produtos. O projeto da Bethânia apresenta um Assistente de Produção que recebe mais do que o Produtor. Esse erro acontece quando os valores são 'jogados' na Planilha Orçamentária, sem a pesquisa de mercado. Resumindo, esse projeto é mesmo 'aquilo' qua parece ser e que todos já sabem. Tenham cuidado para não cometerem o mesmo erro, tenham atenção na hierarquia dos cargos.

Sítio de Internet Manutenção/Atualização - 8.400,00 (R$ 700,00 por mês)

Observação: uma atualização custa em média R$ 100,00 a 300,00 mensais (entre 10 a 50 arquivos por mês). Mais que isso, é superfaturamento.

Coordenador do Projeto - 120.000,00 (R$ 10.000,00 por mês)

Observação: O Coordenador do Projeto está com custo abaixo do Captador. O usual é que ambos recebam o memso valor.

Coordenação Editorial - 120.000,00 (R$ 10.000,00 por mês)

Webdesigner - Projeto - 6.000,00 (taxa única)

Programação visual - 12.000,00 (taxa única)

Diretor Artístico - 600.000,00 (R$ 50.000,00 por mês)

Observação: o valor do pagamento ultrapassa o limite dos 15% para 'custos administrativos'. Podemos aprender como burlar essa regra: ponham todos os diretores e coordenadores como 'pré-evento' ou 'evento'. Deixem pra colocar em 'custos administrativos somente o contador e a assistência jurídica.

Saudações culturais
Liter & Art Brasil

3 comentários:

Liter e Art Brasil disse...

Recebemos um e-mail (sulasom, gmail) esclarecendo o seguinte:

"O tal projeto prevê mais do que 600 mil pra Bethânia. É dela também o valor da pesquisa (36.000,00), do telefone (5.000,00) e do editorial (120.000,00), num total de R$ 761,00. Uma putaria díguina de mensalão."

Saudações culturais
Liter & Art Brasil

Liter e Art Brasil disse...

Creio que a pessoa quis dizer "R$ 761.000,00"

Saudações culturais
Liter & Art Brasil

OBRA DE MERDA disse...

E eu aqui, tipo tosca pesquisando como não errar no meu Projeto para a montagem de um texto que escrevi,(OBRA DE MERDA) agora pouco.
Se não tem tu, Vai Eu mesma.

Riso Maria Dersu